TJ BANNER JUNHO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
sábado, 25 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Geral

Polícia pede exumação de criança morta por engasgo no Rio de Janeiro

Alguns detalhes da morte da criança ainda precisam ser apurados

23 maio 2022 - 20h03Por Elizeu Ribeiro

A Polícia Civil do Rio de Janeiro, pediu a exumação do corpo da bebê  Maria Thereza Vitorino Ribeiro, de 1 ano, que morreu após engasgar com uma maçã em uma creche de Petrópolis (RJ). A solicitação foi feita para esclarecer a causa do falecimento.

Segundo a 105ª DP, serão realizados exames periciais no Instituto Médico Legal (IML) para subsidiar a investigação, que está em andamento. a exumação foi autorizada pela 1ª Vara Criminal de Petrópolis. Ainda de acordo com a publicação, não houve comunicado oficial do episódio à polícia.

Além disso, o Hospital Alcides Carneiro, para o qual a menina foi levada depois de ser entubada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cascatinha, não emitiu um pedido de remoção para a verificação de óbito da criança, conforme aponta a corporação.

De acordo com as investigações, a bebê teve a morte registrada por volta das 11h de domingo (22/5) e foi enterrada às 16h.

Maria Thereza Vitorino Ribeiro, de 1 ano, engasgou com uma fatia de maçã na última sexta-feira (20/5). A bebê estava na creche CEI Carolina Amorim, no bairro de Cascatinha, no momento do incidente.

Ainda conforme o site Metrópoles e de acordo com informações da Prefeitura de Petrópolis, profissionais socorreram a criança e a encaminharam para a UPA de Cascatinha, onde ela foi entubada e reanimada.

Depois, Maria Thereza foi levada para o Hospital Alcides Carneiro para a internação. A criança não resistiu e morreu na manhã de domingo (22/5). A administração municipal decretou luto de três dias em solidariedade à família.