TCE MAIO
(67) 99826-0686

Por irregularidade da Lusa, Flu poderá ser salvo do rebaixamento

Tapetão?

11 DEZ 2013
Schimene Weber
10h55min
Foto: Marcelo Machado / O Globo

O Campeonato Brasileiro de 2013 ainda promete trazer muitas emoções (boas ou ruins) para os torcedores dos times que terminaram na parte de baixo da tabela. Na noite de ontem (10), a CBF informou à procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) que dois jogadores foram escalados de forma irregular na última rodada: o lateral André Santos, do Flamengo, e o meia Heverton, da Portuguesa. Com a denúncia, as duas equipes irão à julgamento e devem perder quatro pontos. Com a decisão, o Fluminense estaria livre do rebaixamento, pois terminou a competição com 46 pontos e, caso a Lusa seja condenada, ficaria com 44.

O Flamengo, caso seja punido, ficaria com 45 pontos. Como se tratam de dois processos distintos com julgamentos diferentes, se o improvável caso de a Portuguesa conseguir provar a inocência e o Flamengo não, o rubro-negro carioca irá para a Série B, categoria nunca antes visitada pelo atual campeão da Copa do Brasil.

Casos - Heverton foi expulso no dia 24 de novembro, no jogo contra o Bahia. Ele cumpriu um jogo de suspenção automática na rodada seguinte. Na última sexta-feira, foi julgado pela Quarta Comissão Disciplinar do STJD e suspenso por dois jogos, o que significa que seria necessário o jogador cumprir, na última rodada, a suspenção contra o Grêmio.

André Santos foi expulso na final da Copa do Brasil, contra o Atlético-PR. Por determinação de resolução da CBF, não é permitido a suspenção automática de uma competição para outra e, dessa forma, fica extinta com o encerramento do torneio em que houve a expulsão. Ele também foi julgado na sexta-feira e foi punido com um jogo de suspenção. De acordo com o Artigo 68 do Regulamento Geral de Competições da CBF, punições aplicadas em uma competição, mas que fiquem pendentes com o encerramento do campeonato, devem ser cumpridas na partida imediatamente posterior ao julgamento, em competição organizada pela CBF. Ou seja, André Santos, em tese, não poderia ter enfrentado o Cruzeiro. Na penúltima rodada, quatro dias após o jogo contra o Atlético-PR e cinco dias antes do julgamento, o Flamengo poupou André Santos contra o Vitória, no Brasileiro. O jogo, segundo entendimento que vem sendo adotado pelo STJD, não pode ser considerado como cumprimento de suspensão automática, já que esta fica extinta com o fim da Copa do Brasil.

A situação do Vasco, que também entrou com recurso no STJD pela confusão no jogo que decretou o seu rebaixamento contra o Atlético-PR na rodada final do Campeonato Brasileiro, não se altera com essas possíveis mudanças. O time, mesmo com a hipotética perda de pontos de Flamengo e Portuguesa, permaneceria em 18º lugar.

Veja também