(67) 99826-0686

Revenda ilegal de ingressos da Copa faz FIFA ficar em alerta

Copa do Mundo

25 DEZ 2013
Schimene Weber
10h12min
Foto: Ricardo Moraes / Reuters

O secretário-geral da Fifa, Jéromê Valcke, quer combater a revenda ilegal de ingressos da Copa do Mundo de 2014, que será realizada no Brasil, e deixa toda a entidade em alerta quanto a prática do crime.

De acordo com informações, a Fifa notificou empresas que administram redes sociais importantes, como Facebook, Twitter e Linkedin, sobre a ação de combate a esse tipo de comércio ilegal. A entidade máxima do futebol nacional teria pedido que as companhias tomem medidas contra os usuários que usam as páginas para vender os bilhetes.

Nas normas da Federação, qualquer negociação de ingresso, inclusive a revenda, deve ser feita restritamente por meio de seu site oficial, vetando qualquer outra via.

Atualmente, a entidade disponibiliza em seu site a segunda fase da venda de ingressos para o Mundial, que vai até o dia 30 de janeiro e determina, por sorteio, os torcedores que receberão as entradas.  

Veja também