Menu
quarta, 21 de outubro de 2020
Geral

São Paulo vai multar consumo excessivo de água

12 fevereiro 2014 - 09h28Por Dirceu Martins

Após aprovar incentivos, na forma de descontos, para quem reduzir o consumo de água na Grande São Paulo, o Comitê anticrise do governo estadual endurece suas ações para evitar o racionamento nas cidades abastecidas pelo Sistema Cantareira e proporá que as prefeituras adotem medidas efetivas para coibir o desperdício. Entre as medidas estão a aplicação de multas e o estímulo, por meio de cobrança diferenciada, ao consumo racional por indústrias e grandes produtores rurais.

 

A grande preocupação não é com a capacidade de fornecimento atual, mas com a projeção para os próximos meses se mantida a estiagem. Reunião que contará com a participação da Agência Nacional de Águas (ANA), Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), Sabesp e comitês das bacias do Alto Tietê e dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PDJ) vai avaliar o uso do "volume morto" (reserva de fundo dos reservatórios) do manancial. Os laudos apresentados simulam a "vida útil" do Cantareira em diferentes situações e serão apresentados para definição do governador Geraldo Alckmin (PSDB).

A apreensão é crescente, pois o volume de chuvas previstas para este mês não estão ocorrendo e, historicamente, quando o verão é seco a estiagem costuma se agravar no outono e inverno.

Neste cenário, a Sabesp vai investir R$ 4,7 milhões em um serviço de bombardeamento de nuvens para a indução de chuvas artificiais na região do Cantareira pelos próximos dois anos.

Leia Também

Filha comemora aniversário com foto em tamanho real do pai, morto há um ano
Geral
Filha comemora aniversário com foto em tamanho real do pai, morto há um ano
VÍDEO: menino de 2 anos tem pescoço amarrado com coleira por tio-avô em Chapadão do Sul
Foi preso
VÍDEO: menino de 2 anos tem pescoço amarrado com coleira por tio-avô em Chapadão do Sul
No horário eleitoral noturno, candidatos falam de infraestrutura e educação infantil
Cidade Morena
No horário eleitoral noturno, candidatos falam de infraestrutura e educação infantil
Brasil tem 661 mortes por covid em 24h e total se aproxima de 155 mil
Geral
Brasil tem 661 mortes por covid em 24h e total se aproxima de 155 mil