Menu
terça, 15 de junho de 2021
Geral

Travesti que furtou pistola de PM durante programa pode ser solta

Os dois faziam sexo em uma região de matagal

19 abril 2021 - 19h48Por Thiago de Souza

Travesti que roubou a pistola de um policial militar, durante um programa sexual, em Aparecida de Goiânia (GO), teve mandado de soltura anexado ao processo neste domingo (18). 

Conforme o G1, o caso ocorreu na quinta-feira (15), quando o militar contratou o serviço e depois do programa, disse não ter dinheiro para pagar. Em um momento de distração, a suspeita pegou a arma que estava no banco da moto e fugiu. 

Os dois estavam fazendo programa em uma área de mata, que fica em uma região de motéis de Aparecida de Goiânia. 

Uma equipe da PM compareceu ao local, identificou a suspeita e foi até a casa dela. No local, ela não resistiu à prisão e entregou a arma.

A travesti foi encaminhada para exames no Instituto Médico Legal (IML) e, em seguida, levada para a Central de Flagrantes da Polícia Civil em Aparecida de Goiânia.

A Polícia Militar não se manifestou sobre o envolvimento do servidor no caso.