Menu
sábado, 19 de setembro de 2020
Geral

Wagner Moura desabafa: 'mamadeira erótica' ganhou as eleições no Brasil'

Ator dirigiu o filme Marighella, que ainda não tem data para estrear nos cinemas nacionais

17 março 2019 - 16h34Por Thiago de Souza

O ator e agora diretor de cinema Wagner Moura revelou detalhes dos momentos vividos nos dias em que seu filme ''Marighella'' estreou no festival de Berlim, em fevereiro passado. Ao UOL, Moura também falou sobre sua militância política pela esquerda e diz que a ''mamadeira de piroca'' ganhou as eleições''.

Conforme o portal de notícias, apesar de ovacionado no evento, o longa metragem produzido por ele dividiu e segue dividindo opiniões, pois é considerado parcial por críticos ao ter viés de esquerda.

Em entrevistas que deu à imprensa internacional, Moura reconheceu que a obra tem inclinação política à esquerda. Disse também que o filme não pretende julgar quem foi Marighella e sim fazer um retrato humanizado de sua trajetória durante a luta armada.

Para o lançamento do filme no Brasil, que ainda não tem data, o artista garante estar "preparado para tudo".

"Vai ser extremamente difícil lançar. Eu espero gente jogando merda na tela, vaiando o filme, agressões físicas. Estou preparado para tudo. Essas coisas provavelmente vão acontecer", disse.

Ao ser questionado sobre a relação entre o filme e o governo do presidente Jair Bolsonaro, Moura disse que "Marighella" será "um dos primeiros produtos culturais do Brasil que vai ser abertamente contra esse grupo que tomou o poder", mas garante que o seu filme "não é uma resposta a Bolsonaro".

''Vocês acham que Bolsonaro já leu um livro? Honestamente: que já foi a um teatro? Não! Isso não tem importância para essas pessoas, e elas não querem que essas narrativas sejam ditas. O [meu] filme vai ser um dos primeiros produtos culturais do Brasil que vai ser abertamente contra esse grupo que tomou o poder - aliás, democraticamente. Mas meu filme não é uma resposta a Bolsonaro: honestamente é bem maior que Bolsonaro''.

No Brasil, quem ganhou as eleições? Não foram só os erros da esquerda. Coisas como a mamadeira de piroca. A mamadeira de piroca ganhou as eleições no Brasil! E não estamos falando só do Brasil: fiquei sabendo que Donald Trump mente 11 vezes por dia. Vivemos em um momento em que a verdade não importa. Não importa! Seja lá o que fizerem [a extrema-direita] - dizer que estou cheirado, ou que a esquerda distribuía a mamadeira de piroca - funciona".

Leia Também

Prefeito em MS ameaça dar tiro em bolsonaristas
Polícia
Prefeito em MS ameaça dar tiro em bolsonaristas
Chuva pode dar as caras já neste sábado e no domingo em Campo Grande
Cidade Morena
Chuva pode dar as caras já neste sábado e no domingo em Campo Grande
Brasil tem 739 mortes pela covid-19 em 24 horas, diz Ministério da Saúde
Geral
Brasil tem 739 mortes pela covid-19 em 24 horas, diz Ministério da Saúde
Saudade é tanta, que um ano após perder o filho, Thayelle ainda escuta Miguel chamar
Entrevistas
Saudade é tanta, que um ano após perder o filho, Thayelle ainda escuta Miguel chamar