Menu
sábado, 28 de maio de 2022 Campo Grande/MS
TOP MIDIA INSTITUCIONAL SUPER BANNER
In Memoriam

Amigos se despedem do maçom mais antigo de Mato Grosso do Sul

Durante velório, pessoas próximas lembraram que ele era dedicado e um exemplo

18 agosto 2018 - 16h17Por Redação

Amigos se despedem do professor e escritor Cláudio Robba, um dos maçons mais antigos de Mato Grosso do Sul, falecido ontem. Ele estava internado em Campo Grande, no Hospital El Kadri, onde passava por tratamento. O corpo é velado de acordo com o rito maçônico, na Loja Benemérita “Marechal Deodoro da Fonseca”, em frente à Praça Afonso Pena, em Aquidauana. Segundo o site O Pantaneiro, o sepultamento aconteceu  às 11 horas, no cemitério municipal.

Segundo José Hélio Câmara Lopes, 69, atual venerável, Robba era exemplo a ser seguido. "Era nosso decano na maçonaria. Era o mais antigo de Mato Grosso do Sul e tinha 100% de frequência em todas as sessões, era um exemplo de pessoa, sempre dedicado e prestativo", disse.

José Moreira Filho, que foi aluno de Robba, também lembrou do legado deixado. "Tive a honra de estudar na escola em que ele foi diretor. Era um exemplo de homem. A maçonaria perdeu a pessoa que era uma grande referência para aquelas que entram. Ele era uma pessoa de grandes valores", comentou.

Paulista de nascimento residiu toda vida em Aquidauana onde foi uma das figuras mais estimada da cidade. Foi um dos principais organizadores dos Jogos da Primavera que ajudou a realizar por muitos anos.

Claudio Robba era o maçom de maior tempo de inscrição da Grande Loja Maçônica de Mato Grosso do Sul. Ocupou diversos cargos na Maçonaria como Delegado Distrital e na administração da Loja Benemérita Marechal Deodoro da Fonseca, a segunda Loja Maçônica de Mato Grosso do Sul.

Pertencia também ao Grau Filosófico assim como à Academia Maçônica de Letras de Mato Grosso do Sul. Foi funcionário da Prefeitura Municipal de Aquidauana em diversas administrações tendo ocupado diversos cargos como Secretário de Educação, Secretário de Administração, Secretário de Fazenda, entre outros.

As duas principais obras do escritor Cláudio Robba tratam de Aquidauana, Ontem e Hoje; Anastácio – Ontem e Hoje, muitas crônicas e artigos importantes. Deixa esposa – Delma e cinco filhos além de um número incontável de admiradores e amigos.