Menu
terça, 18 de maio de 2021
MS CRESCE PELA VIDA 14 a 18/05/2021
In Memoriam

Higor perdeu amigo de infância para covid e lembra com saudades bons momentos

Joilson saiu de Campo Grande em viagem a trabalho em Brasília e não mais voltou

22 abril 2021 - 11h00Por Nathalia Pelzl

O microempreendedor Higor Alcamendia Rosa, 40 anos, está passando por dias difíceis após perder o amigo de mais de 25 anos, Joilson Caceres de Albuquerque, 36 anos, vítima de covid1-9.

Ao TopMídiaNews, Higor contou que Joilson saiu de Campo Grande com destino à Brasília (DF) em uma viagem a trabalho, no entanto, foi infectado, precisou ser intubado e não resistiu à doença. 

O óbito foi confirmado no dia 18 de abril. “Ele era meu melhor amigo, deixou dois filhos, de 11 anos e outro de 1 ano e 7 meses. Era um cara que a gente estava sempre junto, um cuidando do outro. Está muito difícil seguir a vida sabendo que não nos veremos mais”, desabafou. 

Higor e a esposa são padrinhos do filho mais novo de Joilson. “O dia em que nos chamou para ser padrinhos, há quase 1 ano, ele falou que nos escolheu sabendo que se um dia ele faltasse, que nos cuidaríamos bem do filho dele”, relembra. 

Joilson era um amigo presente e dedicado, conforme conta Higor. 

“Eu peguei a covid uma semana antes dele, fiquei de cama 10 dias fazendo tratamento em casa, estava com pneumonia também. Ele mandava mensagem todo dia, falando para sair da cama logo para gente tomar umas. Ele tinha feito área gourmet na casa dele, com piscina, e sempre queria estar rodeado dos amigos, sempre fazendo churrasco e recebendo todo mundo de braços abertos, mas a pandemia impediu”, lamenta. 

Além da dor dos amigos, Higor pontua que a família está devastada com a perda. 

“Joilson perdeu um irmão aos 15 anos, depois disso, ela era filho único e está sendo uma dor terrível para os pais também, pois eles perderam os dois filhos agora. A esposa dele também perdeu o pai, mãe e agora o marido”.

Vidas perdidas

Em Mato Grosso do Sul, desde o início da pandemia, já são mais de 5 mil vidas perdidas. 

Diariamente as autoridades de saúde estão fazendo apelo e pedindo que a população siga as medidas de biossegurança, como, por exemplo, o uso de máscaras, o distanciamento social e uso de álcool em gel.