TCE ABRIL 16 A 22/04
Menu
quarta, 21 de abril de 2021
MS MAIS SOCIAL 21 E 22/04
In Memoriam

Jucyllene se foi aos 35 anos, mas deixou lições de amor ao jornalismo

Nas redes sociais, diversas são as mensagens de despedida e de apoio à família de Jucy

03 março 2021 - 09h30Por Nathalia Pelzl

Internada desde domingo (28), a jornalista Jucyllene da Silva Castilho, 35 anos, morreu na tarde desta terça-feira (02), em Campo Grande. 

Conhecida na mídia sul-mato-grossense por atuar em diversos veículos e como assessora de imprensa do deputado Capitão Contar, Jucyllene estava internada tratando trombose. 

Na última segunda-feira (1º), a jornalista teve uma parada cardíaca e na terça não resistiu. 

Nas redes sociais, diversas são as mensagens de despedida e de apoio à família de Jucyllene.

“Sem acreditar ainda. Não preciso falar da pessoa que você era, quem te conheceu sabe. Que Deus te receba de braços abertos minha amiga Jucyllene Castilho, que conforte os nossos corações e de toda família’, postou o amigo Everton Falcão. 

“Isso só prova que somos um sopro. Temos que aproveitar a vida, valorizar as coisas simples da vida e a companhia de quem amamos. Conheci a Jucyllene quando trabalhava em um site de notícias, só dava ela nas notícias policias. Sempre generosa, educada e gentil. Depois, na Câmara Municipal, sempre trocávamos figurinhas de bastidores. Ju foi muito jovem. Creio que Deus sempre tem um propósito em nossa vida. Desejo ao Bruno muita força e resignação. Descanse em paz”, complementou o jornalista Rodson Lima. 

O deputado Coronel Davi, sem partido, assim como o ex-prefeito de Costa Rica também lamentaram a partida precoce. 

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Mato Grosso do Sul (Sindjor-MS) também emitiu nota. 

“Neste momento de dor, o Sindjor-MS se solidariza com os familiares E amigos e expressa as mais sinceras condolências pela perda”. 

Velório e enterro de Jucyllene ocorre no Memorial Park, nesta quarta-feira (03), às 15h30.