(67) 99826-0686

Pecuarista renomado morre aos 101 anos em Campo Grande

Renato Alves Ribeiro era padrasto do prefeito de Aquidauana, Odilon Ribeiro

17 AGO 2019
Thiago de Souza
08h46min
Foto: Reprodução Jornal O Pantaneiro

O pecuarista Renato Alves Ribeiro morreu, nesta sexta-feira (16), em Campo Grande, aos 101 anos de idade. Ele tinha propriedade no Pantanal e morava em uma residência tradicional na rua 15 de Novembro.

Renato era irmão do ex-prefeito Tico Ribeiro e de Lourdes Fragelli, também falecidos, e padrasto do atual prefeito de Aquidauana, Odilon Ribeiro (PSDB).

Doente há alguns anos, segundo o O Pantaneiro, Renato vivia em uma UTI montada em sua residência em Campo Grande aos cuidados da esposa Maria Tereza.

História

Empreendedor em diversas áreas como a pecuária, Renato Ribeiro era tido como um grande benemérito mantendo em Campo Grande diversas instituições filantrópicas como hospitais e entidades beneficentes.

Em Aquidauana era proprietário da Fazenda Taboco sendo autor de um dos livros mais importantes sobre o Pantanal – "Taboco – 150 anos – Balaio de Recordações".

O velório começou nesta sexta-feira (16),  e prossegue neste sábado. O enterro estava programado para às 9h30, no Parque das Primaveras, em Campo Grande. 

 

 

Veja também