Menu
segunda, 17 de maio de 2021
MS CRESCE PELA VIDA 14 a 18/05/2021
In Memoriam

Pressa foi inimiga da perfeição: velório de Jackeline é marcado por tristeza e silêncio

Tia questionou por quê da pressa para chegar na academia, sendo que menina era tão bonita e magra

13 abril 2021 - 11h00Por Vinicius Costa e Willian Leite

A frase popular de que "a pressa é inimiga da perfeição" pode ser perfeitamente interpretada pelas palavras que foram ditas pela tia de Jackeline Silva de Lima. "Uma pressa para ir para academia, não sei porque, ela era tão magra, tão bonita", disse a familiar ao TopMídiaNews, em rápido contato no velório que acontece nesta terça-feira (13), no cemitério Jardim da Paz, em Campo Grande.

O semblante no rosto da mãe, tia e familiares era único: o de tristeza, de tentar entender porque Jackeline corria tanto para chegar na academia, mas que em um piscar de olhos foi levada por um leve descuido de não perceber o sinal de fechado.

A jovem de 27 anos morreu em um acidente de trânsito, nesta segunda (12), entre sua motocicleta e um carro, enquanto estava indo para a academia.

"Ela estava correndo para chegar na academia, para quê?", questionou a tia, que chorava muito enquanto atendeu rapidamente a equipe de reportagem. 

A tia explicou que a família de Jackeline é muito unida e que a mãe da jovem não sabe o que vai fazer agora, como vai reagir à perda da filha, que foi vitimada tão precocemente.

Jackeline Silva de Lima deixou, além das boas lembranças, um filho pequeno.

Acidente

Jackeline de Lima morreu na manhã de segunda-feira no cruzamento da Avenida Mato Grosso com a Rua Bahia. Ela se chocou com um carro após ter furado o sinal vermelho, informação que foi confirmada pela polícia e por meio das câmeras de segurança do local.

Com a força do impacto, a motociclista foi arremessada por 10 metros e o capacete saiu da cabeça. O motorista do carro nada sofreu.

Os militares do Corpo de Bombeiros tentaram reanimar a vítima por mais de 40 minutos com uso de cilindro de oxigênio, massagem cardíaca e até adrenalina, mas Jackeline não resistiu.