Menu
terça, 15 de junho de 2021
In Memoriam

'Profeta' era inofensivo e deixa saudades na região do Centenário

Moradores indicaram o andarilho como 'homem de bom coração'

07 junho 2021 - 08h50Por Rayani Santa Cruz e Willian Leite

Moradores do da região do Jardim Centenário e Tarumã lamentaram a morte de Jonas Candido Maia, 51 anos, conhecido como ‘Profeta’, que foi encontrado sem vida na noite deste domingo (6). 

Ele foi atingido por disparo de arma de fogo parte frontal próximo ao abdômen e encontrado caído na Rua Socorro, no bairro Jardim Centenário, em Campo Grande. 

O apelido 'Profeta' teria sido dado ao andarilho por ele ser conhecedor da bíblia e falar diversos trechos às pessoas. Também há uma história de que Jonas seria um dos fundadores de uma igreja no bairro.

Jonas era andarilho e morava embaixo de uma árvore. Ele possuía problemas psiquiátricos e de saúde, mas "não oferecia perigo às pessoas do bairro", disseram alguns moradores.

A população lamentou a morte e, na página 'Memes Tarumã é Coopha', algumas pessoas expressaram tristeza e fizeram homenagens.

A morte pode ter sido por dívidas de drogas, mas a Polícia não confirma.

Segundo o registro policial, uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi até o local e constatou que a vítima já não apresentava sinais vitais. 

Moradores ouviram disparos de arma de fogo e acionaram a Polícia. Uma equipe da Polícia Militar foi até o local e, ao checar os dados, identificou a vítima. 

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol.

O caso será investigado.