Menu
sexta, 23 de fevereiro de 2024 Campo Grande/MS
PREFEITURA CAMPO GRANDE FEVEREIRO 2024
In Memoriam

Quiropraxista morto em acidente era conhecido pela humildade e profissionalismo

Natural de Bonito, Hérico Braga viajava com a família quando a roda de uma carretinha se soltou e acertou seu carro

29 novembro 2023 - 19h00Por Vinicius Costa

Humildade, profissionalismo e até solidário. Essas foram algumas das características elencadas pelos amigos e conhecidos do quiropraxista Hérico Luis Santos Braga, de 46 anos, morto em um acidente de trânsito na manhã desta quarta-feira (29), na BR-060, entre os municípios de Nioaque e Sidrolândia.

O profissional estava na rodovia em seu Renault Sandero, acompanhado da família, sendo sua esposa, sua filha e sua sogra, quando o pneu de uma carretinha acoplada a uma caminhonete Chevrolet S-10, que seguia logo a frente, se soltou e atingiu o para-brisa do veículo e consequentemente Hérico.

Ele ficou com lesões no rosto e no pescoço, chegou a ser socorrido e encaminhado para o hospital de Sidrolândia, mas não resistiu aos ferimentos. A Polícia Civil da cidade investiga o fato, registrado como praticar homicídio culposo na direção de veículo automotor.

Pelas redes sociais, muitas mensagens de carinho foram destinadas ao perfil do quiropraxista e familiares também manifestaram seu luto trocando a imagem de perfil de suas redes, por uma foto onde diz "luto".

"Como é difícil entender e aceitar as fatalidades da vida. Difícil acreditar amigo, que você se foi, um amigo, irmão do coração, sem palavras nesse momento tão triste para todos", escreve a amiga Kelly Lima dos Santos.

Fabio Carvalho relembrou que conheceu Hérico através das corridas e nunca esqueceu das características marcantes do amigo. "Uma pessoa que conheci através das corridas, um grande ser humano, sempre alegre, parceiro. Sem acreditar".

E as publicações que marcavam a vítima não parava de aparecer nas redes sociais, mostrando o quanto o quiropraxista era querido e conhecido. "Triste demais. Luto por você, meu amigo querido de longa data. Foi muito bom os tempos de Ghost, dançamos e nos divertimos muito. Muitas risadas e agora ficaram as lembranças", disse Regiane Siqueira.

E há quem fosse mais afundo ainda, celebrando as conquistas do profissional. "Profissional dedicado e um colega de consultório absurdamente gentil e educado. Inclusive nos identificávamos muito com isso em nossas raras trocas de prozas, na rotina árdua de atendimentos", pontuou o colega de trabalho Igor Henrique Fabro.

"É assim, que vou me lembrar de você. Tive a honra de atuar e dividir quatro anos com você pelos corredores da clínica Cedro em todo o período que atuei na equipe. Que ano difícil para nossa querida cidade de Bonito. Que Deus, como homem de fé que você foi e fazia questão de divulgar isso, te receba de braços abertos para o seu descanso merecido", acrescentou.