Menu
domingo, 09 de agosto de 2020
Linha de frente - compet
Interior

Acidente com carro forte mata douradense na região de fronteira

Acidente

17 outubro 2013 - 07h45Por Da Redação

Um acidente ocorrido por volta das 15h30 de ontem (16), na rodovia MS-286, no trecho que liga o trevo do Tagi, na rodovia MS-386, entre as cidades de Ponta Porã e Aral Moreira, envolvendo um carro forte para transporte de valores, deixou o saldo de três feridos e uma vitima fatal, Valderi Bernardino da Silva, 36. Todos eram moradores de Dourados.

Já Paulo Camargo da Silva, 43, Wagner Barreto Zanete, 30 e José Carlos do Nascimento, 32 passam bem.

Segundo informações da PMR (Polícia Militar Rodoviária), que atendeu a ocorrência, ao chegarem ao local, o motorista do veículo acidentado e os três ocupantes haviam conseguido carona em carros que passavam pela rodovia e se deslocados até a cidade de Aral Moreira, onde foram atendidos o hospital local.

Valderi, não resistiu a gravidade dos ferimento e morreu logo após receber os primeiros socorros, enquanto as demais vitimas apresentavam apenas escoriações leves. Seu corpo é velado na comunidade São Judas Tadeu, no Jardim Piratininga.

Segundo informações do motorista do carro forte, ele teria perdido o controle do veículo ao entrar no trevo do Tagi, devido as más condições da rodovia, vindo a capotar sobre a pista de rolamento que ficou totalmente interrompida por algumas horas.

Após receber atendimento médico, o motorista foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Aral Moreira, onde prestou esclarecimentos a cerca do acidente.

Leia Também

Brasil registra 572 novas mortes por covid-19 em 24 horas
Saúde
Brasil registra 572 novas mortes por covid-19 em 24 horas
Dia dos Pais: ‘Ramão véio’ é lenda viva na família Santa Cruz
Algo mais
Dia dos Pais: ‘Ramão véio’ é lenda viva na família Santa Cruz
Brasil tem 572 mortes por covid em 24 horas e total vai a 101.049 neste domingo
Geral
Brasil tem 572 mortes por covid em 24 horas e total vai a 101.049 neste domingo
Baiano, o 'pipoqueiro do Auxiliadora', perde a luta contra a covid aos 89 anos
In Memoriam
Baiano, o 'pipoqueiro do Auxiliadora', perde a luta contra a covid aos 89 anos