SEBRAE MAIO 2023 2

sábado, 25 de maio de 2024

Busca

sábado, 25 de maio de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Interior

22/08/2017 13:40

Após localização de corpo, polícia prende três suspeitos de cometer homicídio

Corpo da vítima foi encontrado na última sexta-feira às margens da MS-430

A Policia Civil de São Gabriel do Oeste efetuou a prisão preventiva de três suspeitos de participação no homicídio contra Silvio Fortes, de 31 anos, que estava desaparecido desde o último dia 20 de julho, e teve o corpo localizado pela polícia na última sexta-feira (18), em uma mata localizada às margens da rodovia MS-430, distante aproximadamente 9 quilômetros do perímetro urbano da cidade. 

Conforme informações repassadas pelo delegado responsável pelo caso, Fábio Magalhães da Silva, após o desaparecimento de Silvio foi levantada uma hipótese de que o caso pudesse ter relação com o homicídio ocorrido no último dia 23 de julho contra Douglas Maxuel Jesus de Souza, de 23 anos, encontrado morto na cama da residência onde residia, localizada na região central da cidade, porém o delegado afirma que a ligação entre os homicídios foi descartada logo no início das investigações, se tratando de dois casos distintos.

Com a localização do corpo de Silvio, ocorrida na tarde da última sexta-feira, em uma mata localizada às margens da rodovia MS-430, +o Serviço de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil deu continuidade às investigações, realizando diligências na tentativa de localizar a autoria do crime, chegando até os suspeitos que foram identificados como sendo John Hélio da Silva Brito, de 24 anos, Jozimar de Souza Pereira, de 21 anos e Claudio Antunes da Silva, de 21 anos.

Após a representação do delegado pela prisão preventiva dos suspeitos, a Polícia Civil deu cumprimento ao pedido, efetuando a prisão de John e Jozimar na manhã do último sábado (19) e de Claudio na manhã desta segunda-feira (21). A polícia, Jozimar negou qualquer tipo de envolvimento com o caso, enquanto Claudio e John confessaram a participação no crime, dando detalhes sobre o homicídio.

Homicídio

Conforme relato dos suspeitos, ambos teriam uma rixa com a vítima que segundo eles, estaria armando de pegá-los e antes que isso acontecesse, eles decidiram chamar o Silvio para conversar. Quando Silvio estava se deslocando até o bairro Jardim Gramado, os suspeitos que estavam armados o abordaram em um veículo Fiat Pálio, fazendo com que a vítima entrasse no carro, amarrando seus pés e mãos e o levando até o local onde ocorreria a execução. A polícia acredita que a vítima tenha sido agredida pelos suspeitos durante o trajeto em razão das marcas de sangue localizadas no veículo.

Os suspeitos seguiram pela MS-430 sentido Rio Negro e antes de chegarem na fazenda Brejão entraram a esquerda andando de 2 a 3 quilômetros até uma mata, onde fizeram a execução de Silvio mediante ao disparo de arma de fogo, ficando constatado na perícia que a vítima foi atingida por vários disparos, inclusive um na região da cabeça, que pode ter causado a sua morte. Ainda de acordo com a perícia, os suspeitos ainda tentaram degolar a vítima, que chegou a ficar com a cabeça pendurada no restante do corpo.

John e Jozimar teriam sido os responsáveis pelos disparos de arma de fogo. Já a participação de Claudio no crime teria sido a princípio na condução do veículo usado pelos suspeitos, porém as informações ainda estão sob investigação. A execução chegou a ser filmada pelos suspeitos. A Polícia Civil teve acesso ao vídeo, que contribuiu nas investigações ajudando a chegar até a autoria do crime.

Prisão

Os suspeitos que estão sob prisão preventiva na Delegacia de Policia local, devem responder por homicídio qualificado, além disso, Jozimar também foi preso em flagrante na manhã de sábado por tráfico de drogas, sendo localizado em sua residência uma quantidade significativa de pasta base de cocaína e maconha, confessando que efetuava a venda do entorpecente.

Os suspeitos já possuem passagem pela polícia por crimes diversos, sendo dois deles inclusive já tendo cumprido pena anteriormente. Ainda de acordo com o delegado, a vítima também possuía diversas passagens, fato este que gerou comentários descrentes por parte da população que chegou a duvidar que a polícia daria atenção ao caso pelo fato da vítima já ser conhecida no meio policial.

Ainda sobre o assunto, Fabio afirma que as investigações a cerca do caso tiveram início logo após o desaparecimento de Silvio, tendo sido tratado como tal até o achado de seu corpo. Ele também destacou a complexidade do caso e a dificuldade para encontrar o corpo de Silvio, devido a extensa área de busca e ao fato de haver muitas informações desencontradas.

As armas usadas no crime não foram localizadas pela polícia, tendo os suspeitos relatado que teriam feito o descarte das mesmas em um rio próximo.

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
JARDIM VERANEIO MAIO E JUNHO DE 2024