ENTREGAS
Solurbe - corrida do meio ambiente 18/04 a 08/05
(67) 99826-0686
Prestação de contas 17/04 a 26/04/2019

Bombeiros resgatam corpo de homem desaparecido há 3 dias no Rio Paraguai

Vítima era de Ladário e tinha problemas mentais, segundo a família

15 SET 2016
Thiago de Souza
19h47min
Corpo chegou em Ladário por volta de 9h30 de hoje Foto: Anderson Gallo - Diário Corumbaense

O corpo de Eduardo Joaquim de Arruda,44, foi resgatado, na manhã desta quinta-feira (15), pelo Corpo de Bombeiros, próximo ao local conhecido como Boca do Bracinho, a cerca de 20 minutos de barco do Porto de Ladário. O homem, que morava no Bairro Alta Floresta II, em Ladário, era deficiente mental e estava desaparecido há 3 dias  

Ribeirinhos avistaram um corpo boiando na região e acionaram os homens do 3º Grupamento dos Bombeiros, que atestou que o cadáver estava há pelo menos dois dias no Rio Paraguai.

Conforme o Diário Corumbaense, as buscas na região começaram quando a família notou que ele não havia voltado para casa.  

Casos recorrentes

Este é o terceiro caso  de morte relacionado a acidentes no Rio Paraguai em menos de 15 dias. No dia 1º de setembro, o piloteiro Leonel Santiago de Souza, de 55 anos, desapareceu após colisão entre embarcações na região do Aterradinho, no rio Negrinho, que fica distante cerca de duas horas e meia, por via fluvial, da área urbana corumbaense. O corpo foi localizado dois dias depois, a uma distância aproximada de 15 quilômetros do local, depois de boiar e ser levado pela correnteza.

O segundo caso aconteceu no dia 06 de setembro, após o trabalhador fluvial José Rodrigues Dias, 60 anos, cair de uma embarcação nas proximidades da  Baía do Saracura. Ele foi encontrado seis dias depois em uma área distante cerca de 3 quilômetros de onde aconteceu o acidente.

Desde o início do ano, o 3º Grupamento do Corpo de Bombeiros já resgatou sete corpos de pessoas que sofreram acidentes em rios da região pantaneira, sendo seis casos no rio Paraguai e um no rio Negrinho.

 

 

Veja também