(67) 99826-0686
REFIS FEV.

Criador de búfalo sumido desde sábado é achado morto preso a um cavalo no Pantanal

Vítima tinha 45 anos e foi achado na região do Paiaguás

3 OUT 2016
Thiago de Souza
19h12min
Kiko tinha 45 anos e criava búfalos na fazenda que arrendava Foto: 3º GBM Corumbá

O criador de búfalos Nóe Alcides C. Filho, 45, conhecido como "Kiko" foi encontrado morto na tarde desta segunda-feira (3), preso a um cavalo que montava na fazenda Campo Alegre, da qual é arrentadário. Ele estava desaparecido desde sábado (1) quando saiu para a lida e não retornou mais. 

Na manhã de hoje, bombeiros do 3º GBM (Grupamento de Bombeiros Militar) fazia buscas na região do Paiaguás e seguiu por trecho navegável do Rio Taquari. Depois seguiram por duas horas a cavalo até que encontraram o corpo de pecuarista próximo a sede da propriedade rural. 

Segundo o site Coxim Agora, a principal suspeita é que Kiko tenha sofrido um mal súbito, visto que a vítima possuía muita experiência na lida do campo. 

 

Veja também