Menu
segunda, 25 de outubro de 2021 Campo Grande/MS
Interior

Marido mata esposa e a enterra em casa em MS

Marido aproveitou para forjar desaparecimento invadindo as redes sociais da mulher e deixar mensagem de que ela estaria "off"

04 agosto 2021 - 17h14Por Vinicius Costa

Três dias desaparecida, Lais de Jesus Cruz, de 29 anos, foi encontrada morta com a suspeita de asfixia nesta quarta-feira (4), enterrada em um buraco na casa onde morava em Sonora, no interior de Mato Grosso do Sul. O principal suspeito de cometer o assassinato da jovem é o marido dela, Pablo Santrin, de 35 anos.

O corpo da mulher foi encontrado por policiais militares que passaram a investigar o sumiço de Lais após o registro da ocorrência.

Um familiar que esteve na casa da vítima, notou que um buraco havia sido aberto e imaginou que seria para uma fossa, mas percebeu que nele estavam lixos, indício que fizeram os militares cavar e encontrar o corpo de Lais Cruz enterrado.

De acordo com o site Idest, o suspeito é seu marido que teria forjado o desaparecimento da vítima e usado o perfil das redes sociais dela para "indicar" um sumiço repentino.

"Odeio quando me tratam como criança. Para trabalhar preciso de permissão, para parar também. Chega!! Tchau Sonora. Aqui não volto nunca mais. Vou fica off das redes sociais por um tempo. Longo tempo”, publicou o companheiro nas redes sociais dela.

Abordado pelos militares, o rapaz apresentou um nervosismo maior e foi detido, sendo encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil para maiores esclarecimentos. Consta que já havia um boletim contra o rapaz feito pela sua esposa que era fruto de uma agressão.

As equipes das polícias Militar e Civil continuam trabalhando nas investigações.