SEBRAE MAIO 2023 2

sábado, 25 de maio de 2024

Busca

sábado, 25 de maio de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Três Lagoas

há 1 semana

'Gogo boy' deixou mensagem de ausência para filho antes de morrer em confronto em Três Lagoas

Ele morreu em confronto com a polícia durante assalto a uma agência bancária neste domingo (12)

Última postagem de João Paulo Rodrigues Guimarães, de 28 anos, antes de morrer, foi declaração ao filho nas redes sociais. Ele morreu em confronto com a polícia durante assalto a uma agência bancária em Três Lagoas.

Pelas redes sociais ele comemorou o aniversário do filho. "Hoje é um dia muito especial. Venho aqui desejar um feliz aniversário, meu filho. Que Deus abençoe sempre você e cuide sempre de você, meu filho. Papai te ama muito", escreveu

Na postagem, ele ainda reconheceu a ausência na criação do menino e se declarou à criança. "Sei que às vezes não estou presente, mas quero que saiba que você sempre está nos meus pensamentos e no meu coração. Papai sente tanta saudade filho. Tudo vai encaixar no seu lugar e logo estarei mais próximo de você e presente meu filho".

"Papai te ama muito mesmo. Você é tudo que tenho de mais valioso na minha vida. Te amo muito", se declarou.

João Paulo, conhecido como "Gogo Boy", possuía diversas passagens por furto, roubo e tráfico em vários municípios do leste do Estado. Natural de Aparecida do Taboado, cidade distante 431 quilômetros de Campo Grande, ele tem diversas passagens na cidade natal, em Paranaíba e também em Três Lagoas, onde cometeu o crime, segundo o site Rádio Caçula.

Ele foi morto após trocar tiros com a Polícia em um assalto a uma agência bancária na Rua Elviro Mário Mancini, entre os bairros Vila Nova e Centro. Crime ocorreu na madrugada deste domingo (12). “Gogo Boy” estava no interior da agência, quando foi dada voz de abordagem ao criminoso, que saiu em disparada.

Em certo momento, percebendo que não tinha mais chance alguma de escapar devido a um cerco policial montado, o criminoso apontou a arma em direção aos militares com clara intenção de atentar contra a vida da equipe tática. Os policiais então agiram, efetuando disparos contra o autor, para impelir a agressão.

João Paulo foi socorrido consciente e orientado ao Hospital Auxiliadora, porém, após algumas horas, veio a óbito. O local foi cercado, mas os comparsas não foram encontrados.

Polícia Civil e Polícia Científica foram chamadas para perícia, mas a Polícia Federal deverá se encarregar do caso. O caso foi registrado na Delegacia da Polícia Federal de Três Lagoas, por ser um órgão da união.

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
JARDIM VERANEIO MAIO E JUNHO DE 2024