Menu
sábado, 24 de outubro de 2020
Interior

IML de Nova Andradina não tem estrutura para realizar exames de DNA nas vítimas do acidente na BR -

Falta de Estrutura

17 dezembro 2013 - 17h43Por Willian Leite

De acordo com o Delegado responsável pelo caso do acidente, Dr. Jeferson Rosa, Titular da Delegacia de Nova Andradina, três corpos já estão identificados, os passageiros da Van Antônio Pereira Carneiro e Adilson Rodrigues de Souza de 45 anos, ambos de Três Lagoas, o motorista da carreta Miguel Benites Meireles de 38 anos e uma quarta pessoa de nome Fabiano Bastos, seria o motorista da Van.

“O IML – Instituto Médico Legal de Nova Andradina não tem estrutura para realizar os exames de DNA, o material será coletado e encaminhado para Campo Grande”, afirmou o Delegado, ressaltando que os corpos carbonizados [não identificados] poderão ser encaminhados para Campo Grande.

A estrutura do IML esta comprometida, uma vez que para manter os corpos no local, a geladeira teria que estar em funcionamento, mas está quebrada há muito tempo.

Leia Também

Grupo organiza feijoada beneficente em prol de Simão, o 'motorista dos jornalistas'
Cidades
Grupo organiza feijoada beneficente em prol de Simão, o 'motorista dos jornalistas'
Bombeiros que lutaram contra as chamas em MS recebem homenagem em Campo Grande
Cidades
Bombeiros que lutaram contra as chamas em MS recebem homenagem em Campo Grande
Prefeitura vai recorrer de decisão que aumenta tarifa do ônibus em Campo Grande
Cidade Morena
Prefeitura vai recorrer de decisão que aumenta tarifa do ônibus em Campo Grande
Imposto deve ser cobrado e tarifa de ônibus aumenta na Capital, decide desembargador
Cidade Morena
Imposto deve ser cobrado e tarifa de ônibus aumenta na Capital, decide desembargador