SEBRAE MAIO 2023 2

sábado, 25 de maio de 2024

Busca

sábado, 25 de maio de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Interior

02/09/2017 12:03

Mãe foge com filha de 11 anos após criança ser estuprada pelo padrasto

Com o intuito de proteger a filha, a mãe deixou três crianças com o suposto estuprador

Uma mulher de 28 anos foi agredida pelo marido, que ainda estuprou uma menina de 11 anos. No desespero de tentar proteger a filha mais velha, a mãe fugiu para chamar a polícia e acabou deixando três crianças de seis, cinco e um ano sozinhas na residência, na madrugada deste sábado (2), em Dourados, município distante aproximadamente 220 quilômetros de Campo Grande.

Conforme o boletim de ocorrência, quando os policiais chegaram até a mulher, ela relatou que havia fugido de casa, após sofrer várias agressões do marido, um homem de 29 anos que ainda estuprou a menina.

A mãe relatou que o homem ficou pressionando sua cabeça contra a parede, em seguida, passou a mão na vagina da enteada, inclusive, se trancou em um dos cômodos da casa para cometer o ato. Fato este que foi confirmado pela menina.

Quando os policiais chegaram na residência, por volta das 4h de hoje, encontraram as três crianças sozinhas. A mulher se defendeu dizendo que deixou os filhos sozinhos para socorrer a filha mais velha, já que o marido ainda estava na casa.

A mulher disse que é casada com o suspeito há cerca de sete anos. Ambos possuem três filhos e ela já teria sido agredida pelo suposto autor com socos, tapas, empurrões e xingamentos. Ela destaca que seu marido faz uso de bebidas alcoólicas, fica muito agressivo e ela quer se separar do homem.

Os policiais fizeram buscas para tentar prender o suspeito, mas até o fechamento desta matéria ele não havia sido encontrado.

O fato de passar a mão no corpo de uma menor de idade já é considerado estupro de vulnerável. Mesmo assim, o caso foi registrado como vias de fato, violência doméstica e ameaça na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário de Dourados). A equipe de reportagem entrou em contato com a delegacia que registrou o crime, mas o delegado plantonista já não estava mais no local e o plantão não soube passar maiores informações sobre o fato.

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
JARDIM VERANEIO MAIO E JUNHO DE 2024