Menu
domingo, 29 de maio de 2022 Campo Grande/MS
TOP MIDIA INSTITUCIONAL SUPER BANNER
Interior

Menino é espancado e mãe acusa madrasta em Ribas: 'quero essa monstra na cadeia' (vídeo)

Mãe mora em Três Lagoas e pai e o filho em Ribas do Rio Pardo

21 janeiro 2022 - 20h27Por Thiago de Souza e Vinícius Squinelo

Diarista, moradora de Três Lagoas, de 30 anos, se revoltou ao ver um vídeo, onde o filho de dez anos, aparece ensanguentado. Ela diz que o pequeno apanhou da madrasta e quer que a ‘’monstra’’ pague pelo que fez. 

Segundo a postagem no Facebook e relato por telefone ao TopMídiaNews, a mulher, que terá o nome preservado, narra que a esposa do ex-marido tem ciúmes dele com o filho. 

Há cerca de dois anos, o menino foi morar com o pai, em Ribas do Rio Pardo. Porém, diz a diarista, o homem se casou e a madrasta foi morar com pai e filho.  

A denunciante diz que, na noite da agressão, quinta-feira, a suspeita teve um surto de ciúmes e pegou uma faca para matar o marido. O garoto teria visto a cena, correu e fechou a porta do quarto. 

A madrasta então percebeu, diz denunciante, e teria entrado no cômodo, onde bateu no enteado. Na sequência, diz ela, o marido entrou e tentou parar com as agressões da madrasta contra o enteado. Marido e mulher também entraram em luta corporal. 

‘’Ela é uma bruxa. Como pode ter feito isso, por ciúme e ódio que ela tem do meu filho ser grudado com pai?’’, lamentou a diarista. 

Depois das agressões, o pai gravou o vídeo mostrando as marcas no menino e encaminhou ao patrão dele. Depois a gravação chegou até a mãe, que ficou revoltada. 

‘’Quero que essa monstra pague o que fez’’, desabafou a mãe. A denunciante conversou com a madrasta pelo WhatsApp. Conforme prints do aplicativo, enviados ao TopMídiaNews, a suspeita disse que tudo foi uma ‘’fatalidade’’ e que não foi ‘’só culpa dela’’ e que ‘’ele se machucou sozinho’’. 

O pai acionou o Conselho Tutelar local e pediu providências.