PREFEITURA DE MARACAJU MARÇO DE 2024
Menu
quinta, 29 de fevereiro de 2024 Campo Grande/MS
PREFEITURA CAMPO GRANDE FEVEREIRO 2024
Interior

Morto em capotamento na BR-267 era brincalhão e gostava de compartilhar a vida com os amigos

Ítalo Freitas Delgado, 19 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu na estrada, em Macaraju

12 fevereiro 2024 - 11h01Por Dayane Medina

A morte de Ítalo Freitas Delgado, 19 anos, em um capotamento, na noite de sábado (10), na BR-267, em Maracaju, deixou amigos abalados. 

China, como era carinhosamente conhecido, era alegre, brincalhão e gostava de compartilhar a vida com familiares e amigos.

Pelas redes sociais, incrédulos com a tragédia, os mais próximos compartilharam a notícia do acidente e expressaram a tristeza.

"Que Deus te receba de braços abertos China", escreveu uma amiga. "Poxa, logo você meu guri", também escreveu um rapaz.

Compartilhando um trecho da última conversa pelo WhatsApp, uma parente relembrou os momentos que passavam juntos conversando e o quanto Ítalo era carinhoso com a sobrinha.

"Só queria que tudo fosse um pesadelo meu irmão, eu não tenho palavras para expressar o que estou sentindo, Só sei que dói, dói muito", publicou. "Vou cuidar da bugrinha do tio, assim que chamava a neném. Quem vai me pedir dinheiro agora, mesmo sabendo que eu não tenho". continuou.

 Conhecidos também se solidarizaram com a dor da família e desejaram força a mãe pela trágédia.

O acidente

Conforme o boletim de ocorrência, o motorista de 22 anos seguia no sentido Rio Brilhante/Maracaju, e próximo à entrada da estrada da picadinha, invadiu a pista contrária, capotou várias vezes por cerca de 130 metros em meio a vegetação lateral da pista de rolamento, parando o veículo ao lado da rodovia.

Equipes de resgate do Corpo de Bombeiros foram acionadas para atender o capotamento na rodovia, quando encontrou Ítalo já morto a 8 metros do carro e o motorista a 30 metros local do acidente.

O motorista estava deitado sob a pista de rolamento, consciente, mas desorientado, não tinha ferimentos graves, foi submetido a teste do bafômetro e constatado embriaguez, tendo como resultado 0,71 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões.

A Polícia Civil local e a PRF Base Rio Brilhante foram acionadas.

O rapaz vai responder por embriaguez ao volante e homicídio culposo.