TJ BANNER JUNHO 2022
PREF MARACAJU JUNHO REFIS 2022
Menu
sábado, 25 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Interior

Mulher é presa acusada de falso testemunho durante julgamento

Durante o testemunho no entendimento do juiz ela mentiu, recebeu voz de prisão

17 março 2017 - 09h00Por Redação
Mulher é presa acusada de falso testemunho durante julgamento

Uma mulher de 32 anos moradora no Jardim Canaã I, foi presa acusada de falso testemunho, durante um julgamento na quinta-feira em Dourados. Segundo o boletim de ocorrência, ela foi testemunha durante o julgamento de Maycon Kennedy Landigref, que no dia 17 de maio de 2015, matou Marcelo Martins Carvalho de 36 anos.

De acordo com a ocorrência, durante o testemunho no entendimento do juiz ela mentiu, recebeu voz de prisão foi encaminhada para a delegacia e autuada por falso testemunho.

A mulher teve fiança arbitrada no valor de um salário mínimo e até o fechamento dessa matéria, continuava presa.

Relembre o caso

Marcelo Martins Carvalho 36 anos, mecânico morador no bairro jardim Canaã I, foi assassinado por volta de 22h30, dia 17 de maio de 2015, quando saia de uma lanchonete localizada na rua Álvaro Brandão.

Segundo informações da polícia, o mecânico teria chegado na lanchonete em uma motocicleta Yamaha YBR, comprou uma latinha de cerveja e quando saia para pegar a moto foi atingido por um tiro.

Na época, Maycon disse que agiu em legítima defesa ao cometer o ato.

O advogado dele Nilson Alexandre, disse que Landigref estava no estabelecimento e ao entrar no carro e sem motivos aparentes, teria sido atacado pelo mecânico. Em seguida reagiu atirando,