Menu
segunda, 14 de junho de 2021
Interior

Mulher é presa com cocaína avaliada em R$ 20 mil amarrada ao corpo

Polícia acredita que droga seria encomenda de facção que atua em presídios

22 setembro 2016 - 20h04Por Thiago de Souza

Maria Ovando Alvarenga, 36, foi presa, nesta quinta-feira (22), no Bairro Tremembé, em Coronel Sapucaia, fronteira com o Paraguai, com 605 gramas de cocaína amarradas ao corpo. Policiais do SIG (Serviço de Investigações Gerais) e do NRI (Núcleo Regional de Inteligência) são os responsáveis pela ação. A suspeita é que o destino da droga seja uma facção criminosa que atua em presídios brasileiros. 

Segundo o Dourados News, após receber informações sobre o tráfico no local, os policiais encontraram a cocaína e questionada, a suspeita confirmou ter sido contratada para trazer a droga da cidade onde mora até Dourados. 

Segundo o delegado do SIG, Matheus Zampieri, por se tratar de cocaína pura, as porções apreendidas poderiam chegar, após mistura, a 2 quilos e o preço de comercialização nas bocas é de aproximadamente R$ 10, alcançando quantia total de R$ 20 mil. 

Ainda conforme o delegado, as recentes apreensões de entorpecentes realizadas entre o SIG e NRI, são para abastecer pontos de comercialização na cidade.