Menu
sexta, 04 de dezembro de 2020
Interior

Mulher é presa com jóias, arma, munições e R$ 4,4 mil em dinheiro

Crime

30 janeiro 2014 - 18h14Por Anna Gomes

Policiais da Delegacia Especializada de Repreensão aos Crimes de Fronteira (Defron) prenderam hoje (30), uma mulher de 50 anos, moradora na rua Uirapuru, no município de Dourados, a 229 quilômetros da Capital, acusada de porte de uso de arma restrita e receptação.

Com um mandado de busca e apreensão, os policiais foram até a casa da mulher. No local apreenderam uma pistola 9mm com várias munições, diferentes tipos de jóias e R$ 4,4 mil em espécie. Os produtos teriam origem de roubo.

A mulher disse aos policiais, que as apreensões pertenciam a um conhecido, morador na Vila Cachoeirinha, também em Dourados, que pediu para ela guardar, no entanto, se negou dar mais informações.

As informações da polícia são que a arma, as munições, o dinheiro e as jóias foram roubadas por um dos filhos dela, foragido, e apontado sendo uma das lideranças de facção criminosa de Mato Grosso do Sul. A mulher tem um outro filho preso na penitenciária em Dourados.

Ainda não está confirmado, mas a polícia acredita que as jóias possam pertencer a uma mulher que foi roubada enquanto mostrava mostruários a um homem, no mês passado. A vítima foi assaltada em sua casa, local onde combinou de mostrar os produtos. O prejuízo foi de R$ 60 mil.

A polícia agora está a procura o filho da mulher presa nesta quinta-feira. Segundo a polícia, ele seria especialista em roubo a joalherias e supermercados.

Leia Também

Ao comentar sobre alta na conta de luz, Bolsonaro pede banho rápido à população
Geral
Ao comentar sobre alta na conta de luz, Bolsonaro pede banho rápido à população
Arrendatários de fazenda são presos por crime ambiental e explorar trabalhadores em Nioaque
Interior
Arrendatários de fazenda são presos por crime ambiental e explorar trabalhadores em Nioaque
Blogueiro russo é suspeito de trancar mulher semi-nua no frio e transmitir morte dela ao vivo
Geral
Blogueiro russo é suspeito de trancar mulher semi-nua no frio e transmitir morte dela ao vivo
Executado no Noroeste, Edilson dos Anjos 'fez o inferno' quando cumpriu pena em Goiás
Cidade Morena
Executado no Noroeste, Edilson dos Anjos 'fez o inferno' quando cumpriu pena em Goiás