GOV AGEMS
Menu
quarta, 08 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
CONSTRUINDO O SABER 29/11 A 29/12
Interior

'Papai Noel' e mais seis vereadores são empossados em Ladário

Ex-vereadora também voltou ao cargo como é o caso de Delary Ebeling

27 novembro 2018 - 14h33Por Rodson Willyams

Dos 11 suplentes de vereadores, sete tomaram posse na noite desta segunda-feira (26), durante sessão ordinária realizada na Câmara Municipal de Ladário. Papai Noel está entre os empossados após os titulares terem sido presos por corrupção durante operação do Gaeco. Além dos suplentes, o vice, agora atual prefeito do município, pastor Iranil Soares (PSDB), também foi empossado.

Durante a cerimônia foram empossados Ludimir Ferreira de Souza, o Xumi (PSB); Rubens Rojas Gimenes (PTB); Delary Bottega Ebeling (PP); Antonio João Conde da Silva (PSDB); Gesiel Paiva Figueiredo, o Gesiel da Levytur (PEN); Rosiane Arnaldo (PSB), conhecida como Zica e Marcos Fernando da Silva Cordova (PPS), conhecido como Papai Noel. Todos prestaram juramento e já iniciam os trabalhos no Legislativo.

Segundo o site Diário Corumbaense, 'Papai Noel' é conhecido na cidade como líder comunitário do bairro Nova Aliança. Na última eleição, teve 157 votos ao fazer uma campanha simples, percorrendo as ruas ladarenses de bicicleta.

Agora vereador, diz que não vai desperdiçar a oportunidade. “Eu fico triste por toda essa vergonha que os políticos fazem a população passar, mas por outro lado, estou assumindo uma responsabilidade. Ladário está em total abandono e vamos trabalhar pelo povo, sou um funcionário do povo. É só trabalhar certo, que você não tem problema nenhum.  Sou semianalfabeto, mas tenho dignidade, isso é o meu patrimônio”.

De volta

Ainda conforme a publicação corumbaense, quem volta para a Câmara de Ladário é a vereadora Delary Ebeling, que foi parlamentar por três mandatos. Ela considerou o momento triste e decepcionante para a política local.

“A gente foi pego de surpresa, o que aconteceu não é bom pra Ladário, mas nós vamos tentar fazer o melhor para atender as demandas da população, que são muitas”, afirmou a nova parlamentar.

A mesa diretora ficou sem dois dos cinco titulares, que não podem ser substituídos pelos suplentes que assumiram agora, de acordo com a Lei Orgânica. Mas com a posse dos sete vereadores, a Câmara mantém as atividades.

Presos

Os vereadores Paulo Rogério Feliciano Barbosa (PMN); Osvalmir Nunes da Silva (Baguá) (PSDB); Agnaldo dos Santos Junior (Magrela) (PTB), Vagner Gonçalves (PPS) atual 2° secretário da Mesa Diretora; Lilia Maria Villalva de Moraes Silva (Pastora Lilia) (MDB), e atual 2ª vice-presidente da Câmara; André Franco Caffaro (Dedé) (PPS) e Augusto de Campos (Gugu) (MDB) foram presos durante a operação por esquema em envolvimento de corrupção, fraude em licitação e recebimento de mensalinho.

Além deles, está o secretário de Administração/Educação Helder Naulle Paes dos Santos Botelho também preso na operação. E o prefeito da cidade, Carlos Anibal Russo Pedroso (PSDB). Todos foram encaminhados para presídios de Campo Grande.