Menu
domingo, 01 de agosto de 2021
Interior

PMA autua operador de máquina por criar filhote de onça e 14 aves silvestres

Apreensão

30 novembro 2013 - 11h10Por Ana Rita Chagas

A Polícia Militar Ambiental de Três Lagoas autuou hoje (30) um operador de máquinas de 62 anos, que criava um filhote de onça-parda e 14 aves silvestres ilegalmente em sua residência no centro da cidade.


A PMA apreendeu o filhote, espécie que está em extinção e sete canários-da-terra, dois pássaros-preto, dois papas-capim, dois sabiás e um trinca-ferro.


O infrator foi autuado administrativamente e recebeu multa de R$ 12 mil por todos os animais ilegais. O infrator, as aves apreendidas e a onça foram encaminhados para a delegacia de Polícia Civil de Brasilândia e responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de seis meses a um ano e meio de detenção. Os animais serão encaminhados no domingo (1 de dezembro) ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres – CRAS, na Capital.