Menu
segunda, 26 de fevereiro de 2024 Campo Grande/MS
GOVERNO FEVEREIRO IPVA
Interior

Polícia investiga ataques após ameaças de suposto grupo de justiceiros na fronteira

'Caçadores da Paz' publicou mensagens de ódio a ladrões e assaltantes da região

22 outubro 2016 - 17h52Por Thiago de Souza

Autoridades paraguaias vão investigar se o ataque a tiros a três cidadãos, na noite dessa sexta-feira (21), foi promovido por um grupo de justiceiros autodenominado ''Caçadores da Paz''.

O fato ocorreu três horas após as ameaças serem divulgadas em redes sociais e deixou feridos os paraguaios Elvio Santos Martinez Lopes (39), Hermínio Nuñes Sanabria (44) e um adolescente de 17 anos. Os suspeitos que os atacaram estavam em uma moto escura, na Rua Ramão Gill Sanchez, no Bairro Maria Vitória, em Pedro Juan Caballero. A polícia do país vizinho esteve no local e recolheu evidências para investigação.  

Segundo o Porã News, o aviso postado na internet dizia ‘’Este é o primeiro aviso para ladrões. A fronteira tem que ser respeitada’’. As ameaças continuam e colocam como alvo ladrões de moto, carros, bolsas e ‘’assaltantes’’. No final da mensagem o texto diz: ''Todos do tipo vão MORRER!!! Sabemos tudo sobre todos, fotos, lugares onde moram.''