SEBRAE MAIO 2023 2

sábado, 25 de maio de 2024

Busca

sábado, 25 de maio de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Interior

21/08/2017 15:40

Por decisão judicial, professores voltam às escolas de Dourados, mas devem recorrer

Educadores anunciam novos protestos reivindicando reajuste salarial, concurso e pagamento de benefícios

Professores da Rede Municipal de Ensino de Dourados, a 225 km de Campo Grande, foram obrigados pela Justiça a voltar aos trabalhos até amanhã, terça-feira (22). Os educadores paralisaram as atividades em reivindicação pelo reajuste de 7,64%, referente a correção do piso nacional do Magistério e do grupo de efetivos administrativos, realização de concurso para os administrativos e o pagamento do difícil acesso aos trabalhadores em educação.

Conforme o site Dourados News noticiou, o sindicato que representa os professores comunicou que deve recorrer da decisão judicial ainda nesta terça. A decisão ocorreu em Assembleia na manhã de hoje (21) na sede do Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação) e, apesar da medida, o horário da abertura das escolas será mais tarde.

No início da tarde desta segunda-feira, os professores farão ato na Câmara de Vereadores, em sessão que foi antecipada por conta da visita do ministro da Educação, Mendonça Filho. Às 18h eles farão novo protesto, desta vez em frente ao Centro de Formação Profissional "Professora Evanilde Costa da Silva", que será inaugurada próximo ao Parque Rego D'água, na região do Jardim Água Boa.

Determinação

Na sexta-feira (19), o TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) determinou que a categoria deveria manter ao menos dois terços dos educadores nas salas de aula sujeito a multa diária de R$ 50 mil.

Em edição desta segunda-feira (21) do Diário Oficial, conforme mostrado pelo Dourados News, a Semed (Secretaria Municipal de Educação) emitiu resolução afirmando que os grevistas teriam corte nos pagamentos e ameaçou rescindir com os professores contratados que aderissem ao movimento.

A Reme conta com 27 mil alunos em 45 escolas, conforme a própria prefeitura. Na cidade também há 36 Ceinfs (Centros de Educação Infantil), onde 3 mil crianças estão matriculadas.

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
JARDIM VERANEIO MAIO E JUNHO DE 2024