Menu
sábado, 24 de outubro de 2020
Interior

Preso suspeito de matar líder indígena em Caarapó

Assassinato

03 dezembro 2013 - 13h33Por Kerolyn Araújo

Foi preso na tarde de ontem (02), Ricardo Mendes Quevedo, 54, acusado de matar o cacique da aldeia Guyraroka, Ambrósio Vilhalva, na madrugada de segunda-feira, em Caarapó.

Ricardo é apontado como o maior suspeito de ter cometido o crime, pois segundo informações de testemunhas, ele e o cacique tinham uma rixa antiga e ele queria tomar o seu lugar na aldeia.

Durante o depoimento, Ricardo negou que tenha assassinado Ambrósio, porém pessoas que moram na aldeia avistaram o homem entrando na casa da vítima na noite do crime. O indígena foi autuado em flagrante por homicídio.

 

Relembre o caso

Leia Também

Grupo organiza feijoada beneficente em prol de Simão, o 'motorista dos jornalistas'
Cidades
Grupo organiza feijoada beneficente em prol de Simão, o 'motorista dos jornalistas'
Bombeiros que lutaram contra as chamas em MS recebem homenagem em Campo Grande
Cidades
Bombeiros que lutaram contra as chamas em MS recebem homenagem em Campo Grande
Prefeitura vai recorrer de decisão que aumenta tarifa do ônibus em Campo Grande
Cidade Morena
Prefeitura vai recorrer de decisão que aumenta tarifa do ônibus em Campo Grande
Imposto deve ser cobrado e tarifa de ônibus aumenta na Capital, decide desembargador
Cidade Morena
Imposto deve ser cobrado e tarifa de ônibus aumenta na Capital, decide desembargador