Menu
segunda, 26 de fevereiro de 2024 Campo Grande/MS
GOVERNO FEVEREIRO IPVA
Interior

Professora universitária faz barraco ao ser levada para a delegacia por som alto em Dourados

Mulher alegou que não estava incomodando ninguém, mas faria na próxima semana ao comprar um aparelho de som maior

12 fevereiro 2024 - 12h19Por Dayane Medina

Uma professora universitária de 49 anos ficou descontrolada ao ser levada para a delegacia após denúncias de vizinhos por causa de som alto, no jardim Novo Horizonte, em Dourados — a 221 quilômetros de Campo Grande.

A polícia foi até a casa da professora por conta do som alto. Ao ver a guarnição, a mulher se apresentou como professora universitária federal e tinha conhecimento que, naquele horário, não existia “som alto”.

Ela ainda disse que não estava incomodando ninguém, pois o som era pequeno, mas que iria incomodar mais na outra semana, já que encomendou um aparelho de maior potência e chegaria de Ponta Porã nos próximos dias.

De acordo com a ocorrência, os militares convenceram a professora a comparecer à delegacia. Dentro da viatura, a mulher abriu a porta com o carro em movimento.

Já na delegacia, ainda conforme a ocorrência, a mulher começou a  menosprezar a equipe, dizendo que não passavam de guardinhas de merda e de pouca qualificação intelectual, pois não sabiam nada da lei.

A mulher começou a gritar e filmar e precisou ser algemada.

O caso foi registrado como perturbação do trabalho ou do sossego alheio e o aparelho de som entregue na delegacia.