Menu
quinta, 29 de julho de 2021
SEGOV - MICROCREDITO 27 A 29/07
Interior

TRF nega habeas corpus e fazendeiros acusados de ataque a índios em Caarapó continuam presos

No início deste mês outro pedido de liberdade já havia sido negado pela Corte

19 outubro 2016 - 17h50Por Dourados Agora

O Tribunal Regional Federal (TRF) da 3ª Região, em São Paulo, negou o pedido de habeas corpus a favor dos fazendeiros envolvidos no caso ataque contra comunidade indígena na cidade de Caarapó. Eles estão presos há dois meses.

Desta vez, quem pediu a soltura dos produtores rurais foi a defesa de Virgílio Mettifogo. No início do mês, a justiça já havia negado pedido ao advogado de Eduardo Tomonaga.

Além dos dois, estão presos Eduardo Yoshio Tomonaga, Jesus Camacho e Nelson Buainain Filho, dono da fazenda Ivu, palco onde teria ocorrido conflito em junho deste ano, com os indígenas da aldeia Tey Kue, vizinha a propriedade rural. Um índio morreu a tiros.

A Justiça tem negado habeas corpus para as defesas que mantém o posicionamento da ocorrência de confronto entre as partes. No entendimento dos desembargadores, não houve confronto. Eles justificam que os produtores rurais estavam em maior quantidade e munidos de armas letais. Um vídeo seria utilizado como prova.