Menu
Busca quinta, 02 de julho de 2020
ALMS
Interior

Ventania derruba fiação elétrica em cerca e mata 26 cabeças de gado em Amambai

Região urbana também foi atingida e ficou sem luz por horas

13 outubro 2016 - 19h29Por Thiago de Souza

Ventos fortes na região de Amambai, sul do Estado, trouxeram transtornos a moradores e proprietários rurais da região. Em uma fazenda, a ventania derrubou a fiação elétrica que caiu sobre uma cerca de arame e matou 26 cabeças de gado. 

Segundo o Amambai Notícias, quatro postes de sustentação de uma rede elétrica trifásica que fornece energia para uma pedreira, na região conhecida como Kurussuambá, na MS-156, entre Amambai e Tacuru, caíram na cerca de uma fazenda, o que provocou a morte em massa dos animais. Além da perda dos bovinos, o proprietário da fazenda atingida, Jorge Berlitz conta que a força dos ventos derrubou árvores, arrancou cobertura do mangueiro e danificou residências, totalizando um prejuízo de cerca de R$ 80 mil. 

Informações de testemunhas dão conta que a força dos ventos também teria provocado danos em outras propriedades rurais da região e deixado outras várias sem energia elétrica.

Na área urbana de Amambai há registro de dois blecautes, um deles com quase uma hora de duração. Apesar dos danos materiais provocados pelo vendaval não há registro sobre pessoas feridas em decorrência do temporal, que além do vento foi seguido de chuva forte.

Leia Também

Pai e filho morreram enquanto tentavam encurtar viagem para São Gabriel
Polícia
Pai e filho morreram enquanto tentavam encurtar viagem para São Gabriel
Quinta-feira será de céu nublado e baixas temperaturas em MS
Cidades
Quinta-feira será de céu nublado e baixas temperaturas em MS
Filha vende rifa e apela por pai que sente dores de três hérnias em Campo Grande
Cidade Morena
Filha vende rifa e apela por pai que sente dores de três hérnias em Campo Grande
VÍDEO: Carro com dois filhos do cantor Leonardo capota e cai em rio de Goiás
Geral
VÍDEO: Carro com dois filhos do cantor Leonardo capota e cai em rio de Goiás