TJ BANNER JUNHO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
sábado, 25 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Interior

'Viúva negra': mulher que incentivou amante a matar o marido e jogar em córrego é presa

Esposo foi esfaqueado, mas morreu afogado, já que caiu na água

19 fevereiro 2017 - 16h50Por Thiago de Souza

Rosineide Porfirio de Matos,34, foi presa acusada de arquitetar a morte do próprio esposo, Mário Fernandes,41, que foi esfaqueado e jogado em um córrego, na manhã de sábado (18), em Ponta Porã. 

Segundo as investigações da Polícia Civil, na madrugada desse sábado (18), Rosineide, o marido, Gerson Cardoso Escobar,28, que seria o amante dela e mais dois amigos dele bebiam em uma residência. Em dado momento, a mulher entrou em um cômodo da casa onde passou a fazer sexo com o amante e foi flagrada pelo marido. Os dois tiveram uma discussão e após o episódio, a mulher incentivou os demais homens a assassinar o esposo. 

Após tramar o homicídio durante toda a madrugada, Mário foi levado até o córrego São João, onde foi brutamente esfaqueado e jogado na água. O corpo dele só foi encontrado por volta de 8h por populares. 

Após uma rápida investigação, policiais do SIG (Serviço de Investigações Gerais), coordenados pela delegada Sueili Araujo, prenderam Gerson Escobar e os amigos dele, que ajudaram no crime, Delson Cardoso Escobar,31, e Luis Carlos Oliveira Amarilha,31, ainda na manhã de sábado. Na ocasião, Rosineide conseguiu fugir. 

A mulher e os outros três suspeitos vão responder por homicídio qualificado por motivo fútil e sem dar defesa à vítima. 

(Corpo de Mário foi achado em córrego às 8 horas de sábado - Foto: Dourados News)