Menu
domingo, 03 de março de 2024 Campo Grande/MS
Na Lata

Na Lata: Com salário de R$ 17 mil, esposa de Hashioka já auxilia marido no Detran/MS

Nomeada como assessora especial do Governo, ex-deputada já começou a conversar com servidores para saber 'queixas e melhorias'

01 setembro 2017 - 10h26Por Lara Croftt
Na Lata: Com salário de R$ 17 mil, esposa de Hashioka já auxilia marido no Detran/MS

Após a nomeação do marido Roberto Hashioka para o Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito), a ex-deputada estadual Dione Hashioka já teria começado a atuar junto aos funcionários. Segundo as informações recebidas pela reportagem, ela já começou a questionar os funcionários sobre quais seriam as “queixas e melhorias” a serem feitas no órgão.

Nomeada como assessora especial do Governo do Estado, ela tem salário de R$ 17.063,82, mais de quatro vezes maior que a média dos funcionários. Já o marido, recém-nomeado, deverá ter um salário aproximado de R$ 24 mil, que é quanto recebia o ex-diretor presidente Gerson Claro Dino, que pediu exoneração após ser preso durante operação do Gaeco.