Menu
segunda, 25 de outubro de 2021 Campo Grande/MS
Na Lata

Na Lata: eleição acaba e partido de Bolsonaro entra em guerra em MS

Uma guerra forte, mas (ainda) sem vítimas fatais. Ainda!

28 janeiro 2019 - 09h08Por Denis Bergkamp

Acabou-se o que era doce. Eleitos, apoiadores de Jair Bolsonaro iniciaram uma verdadeira guerra civil dentro do PSL de Mato Grosso do Sul. De um lado, o velho amigo do capitão, Coronel David; de outro, a senadora de primeira viagem Soraya Thronicke.

De lado e outro da trincheira, o tiroteio é grande. Soraya é acusada de ser ditadora e tomar o partido a força. Já David entra na mira por supostamente pensar só nele mesmo e em seus ganhos políticos. Uma guerra forte, mas (ainda) sem vítimas fatais. Ainda!

No meio, e por fora, outro capitão, o Contar, faz o dever de casa e segue com uma vida política invejável nesse começo de carreira.