Menu
terça, 11 de agosto de 2020
Na Lata

Na Lata: em 2015 Bolsonaro desejava morte de Dilma, já hoje...

‘Eu espero que (ela) acabe hoje, infartada ou com câncer’

07 julho 2020 - 18h00Por TopMídiaNews

As redes sociais foram tomadas pela notícia do dia: Jair Bolsonaro tem coronavírus. Uns desejam que tenha rápida melhora. Outros que acabe no UTI e até morra. 

E quem enlouquece é a militância, de todos os lados. Falar para Bolsonaro morrer não é humano, dizem uns – é Justiça, dizem outros. Lembrando só 2015, quando foi perguntado sobre quando acabaria o mandato de Dilma Rousseff: ‘espero que acabe hoje, infartada ou com câncer’.

Quem deseja a morte dos outros, não pode reclamar que peçam a sua. E mais: quem ganha mesmo é a cloroquina.

Leia Também

No Dia do Advogado, profissional relembra trajetória e destaca amor incondicional pelo Direito
Dia Nacional do Advogado
No Dia do Advogado, profissional relembra trajetória e destaca amor incondicional pelo Direito
Clientes se aglomeram em fila de banco e um passa mal na avenida Bandeirantes
Cidade Morena
Clientes se aglomeram em fila de banco e um passa mal na avenida Bandeirantes
Grávida leva 22 facadas do marido e perde bebê no DF
Geral
Grávida leva 22 facadas do marido e perde bebê no DF
URGENTE: Marquinhos Trad proíbe consumo de bebidas em bares e locais públicos
Cidade Morena
URGENTE: Marquinhos Trad proíbe consumo de bebidas em bares e locais públicos