SOLURB JULHO 1

terça, 23 de julho de 2024

Busca

terça, 23 de julho de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Repórter Top

15/03/2018 19:00

Mesmo antes de greve, correspondência atrasa e Correios vira alvo de críticas em Campo Grande

Empresa diz que as operações estão normal na Capital

Pelo menos dois leitores do TopMidiaNews têm reclamações de correspondências de responsabilidade dos Correios, atrasadas em Campo Grande. Com isso, o transtorno é inevitável e mesmo antes da greve já havia queixas.

Breno Fabris, morador do Maria Aparecida Pedrossian, conta que aguarda por um boleto religioso. Segundo ele, o remetente alega que postou a correspondência no final de fevereiro, data que deveria chegar a casa de Breno, mas até agora nada.

''Eles não informaram o código de rastreio, pois é enviado todo mês'', pondera Breno. Ele conta também que já registrou reclamação, inclusive guardando o número do protocolo.

Outro leitor, que preferiu não se identificar, aguarda por um boleto mensal de uma geladeira que financiou. Ele viu motocicletas dos Correios na região sul da cidade, onde mora e acreditou que o documento chegaria logo, mas não veio.

''Agora, há quatro dias estou pagando juros, e é de cartão de crédito. Não sei quanto vai vir'', relata o morador. Ele acrescenta ainda que tomou iniciativa de pedir informações ao banco.

''Se eu não ligasse ia ficar atrasando. Lá me informaram que devido a greve iria demorar pra chegar o boleto'', lamentou o contribuinte.

Greve

A greve dos funcionários dos Correios durou menos de 24 horas em Campo Grande. Os trabalhadores decidiram encerrar o protesto, após assembleia com o sindicato que os representam em Mato Grosso do Sul.

O motivo da paralisação foi nacional, referente a um desacordo entre empresa e funcionários sobre a abrangência do plano de saúde dos trabalhadores.  Outra reclamação foi quanto ao plano de demissão vontuária, onde trabalhadores estariam sendo pressionados a aderir a esse processo,além do cancelamento de férias.

Resposta

Os Correios informam que as entregas em Campo Grande permanecem sendo realizadas de forma regular. Mas esclarece que em determinados períodos do mês e em determinadas regiões, registra volume maior de correspondências, e nesses casos trabalha com ações pontuais de horas extras e trabalhos aos finais de semana.

Sobre a reclamação do leitor Breno Fabris, a empresa esclarece que a região do Maria Aparecida Pedrossian está com entrega regular. Sobre a queixa dele registrada na central de atendimento,  o Correio destaca que a correspondência dele não possui código de rastreio, mas um técnico fará uma visita ao morador para obter detalhes da postagem.

 

 

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

AMIGOS DA CIDADE MORENA ABRIL NOVEMBRO