sábado, 25 de maio de 2024

Busca

sábado, 25 de maio de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Sucursal Pantanal

20/09/2017 11:00

Polícia Civil prende um dos maiores abastecedores das bocas de fumo de Corumbá

Além de "Macarrão", outras duas pessoas também foram presas pelo mesmo crime

Após meses de investigações para combater o tráfico na cidade de Corumbá, a Polícia Civil prendeu nesta terça-feira (19) um dos maiores fornecedores de drogas do munícipio, o “Macarrão”.

Alexandre Morales, de 37 anos, teve a rotina analisada pelo Setor de Investigações Gerais durante três meses. A Polícia Civil percebeu que o acusado saia todos os dias no mesmo horário para abastecer as bocas de fumos dos bairros Aeroporto, Popular Nova e Nossa Senhora de Fátima. 

O suspeito foi abordado nesta terça-feira quando parou o carro, acompanhado da esposa Kenia Robledo Rodriguez, em um local com grande concentração de usuários de drogas na rua Duque de Caxias. Macarrão teria ido até o local levar entorpecentes para um usuário identificado como Cleiton César da Silva, de 30 anos.

Durante revista pessoal, com Cleiton foram encontrados trouxinhas de maconha, pasta base de cocaína, cigarro de maconha e um caderno com supostas anotações oriundas do tráfico. Quando questionado pela Civil, o homem confessou que recebe a droga de Macarrão e distribui nas bocas de fumo. Diante do depoimento, Macarrão teria então assumido a  veracidade dos fatos e acompanhado os investigadores até sua residência.

Conforme informações policiais, em busca minuciosa no imóvel foram apreendidos pasta base de cocaína, duas balanças de precisão, R$ 377 em espécie e 7 celulares.

O  veículo que o suspeito conduzia seria utilizado para realizar o “corre” e também foi apreendido assim que as investigações apontaram que o carro era usado para transportar drogas da Bolívia até Corumbá. Macarrão, Cleiton e Kenia foram encaminhados para a Delegacia Civil onde serão autuados por tráfico de drogas.

 

Loading

Carregando Comentários...

Veja também