Menu
Busca terça, 26 de maio de 2020
camara municipal
Oportunidades

Escolagov oferta seis cursos gratuitos e a distância

Os cursos na modalidade a distancia (EAD) ficam disponíveis 24 horas por dia

13 setembro 2016 - 11h31Por SAD

Com objetivo de oferecer capacitação gratuita aos servidores do Estado de Mato Grosso do Sul, o Governo do Estado por meio da Fundação Escola de Governo (Escolagov) está com inscrições abertas para novas turmas em seis cursos da modalidade EAD (Ensino a Distancia).

As inscrições para os cursos de Atendimento ao Cidadão, Orçamento Público, EDoc-MS, Ética no Serviço Público, Gestão Estratégica de Pessoas e Planos de Carreira, e Legislação Aplicada à Logística de Suprimentos seguem abertas até o dia 26 de setembro o endereço eletrônico da Escolagov ou clicando aqui.

Todos os cursos oferecidos pela Escolagov são gratuitos e voltados ao aperfeiçoamento profissional de servidores da esfera estadual, municipal e federal. Por se tratar de um sistema específico, o curso do sistema E-Doc destina-se exclusivamente aos servidores públicos estaduais do poder executivo.

Os cursos na modalidade a distancia (EAD) ficam disponíveis 24 horas por dia, e são ideais pra quem busca praticidade, flexibilidade, comodidade, economia de tempo e principalmente a economia financeira. Informações adicionais podem ser obtidas na Fundação Escola de Governo pelo telefone (67) 3321-6100 ou através do e-mail ead@escolagov.ms.gov.br.

Leia Também

Esteira com tv e internet para Hamilton Mourão vai custar R$ 44 mil
Geral
Esteira com tv e internet para Hamilton Mourão vai custar R$ 44 mil
O Globo e Folha alegam insegurança e desistem de cobrir Bolsonaro no Alvorada
Geral
O Globo e Folha alegam insegurança e desistem de cobrir Bolsonaro no Alvorada
Senado obriga Weintraub a dar explicações sobre 'vagabundos do STF'
Geral
Senado obriga Weintraub a dar explicações sobre 'vagabundos do STF'
GUERRA CONTINUA: Celso de Mello apreende câmera que filmou reunião 'polêmica'
Geral
GUERRA CONTINUA: Celso de Mello apreende câmera que filmou reunião 'polêmica'