Menu
domingo, 20 de setembro de 2020
Oportunidades

Funsat abre vagas para curso de manipulação de alimentos

Serão 35 vagas para profissionais da área, pessoas que trabalham em bares e restaurantes, cozinhas industriais e comunitárias, autônomos e muito mais

20 fevereiro 2019 - 10h29Por Da redação / PMCG

A Fundação Social do Trabalho abre inscrições para uma nova turma do curso de manipulação de alimentos. Serão 35 vagas para profissionais da área, pessoas que trabalham em bares e restaurantes, cozinhas industriais e comunitárias, autônomos na produção e venda de alimentos, padarias, açougues entre outros.

O curso segue os padrões da ANVISA e da Lei Municipal nº: 364301 de setembro de 1999- Campo Grande – MS. O (a) candidato (a) deve ter acima de 18 anos e apresentar no ato da inscrição original e cópia  dos documentos pessoais (RG, CPF), Carteira de Trabalho (PIS/PASEP/NIS ou NIT), comprovante de escolaridade (ensino fundamental incompleto) e comprovante de residência.

De acordo com o diretor-presidente da Funsat, Cleiton Franco, o curso é gratuito e certificado pela Escola de Qualificação Profissional da FUNSAT.

As inscrições  serão feitas somente nesta quarta-feira (20), na sede da Funsat na Coordenadoria de Educação  Profissional localizada à Rua 14 de Julho, 992- Vila Glória 1º andar – Sala 01, das 07h às 11h e das 13h às 16h. Outras informações somente no ato da inscrição.

Serviço – O setor da  Coordenadoria de Educação Profissional da Fundação Social do Trabalho -FUNSAT fica no 1º andar – Sala 1. A Funsat está localizada na Rua 14 de Julho, 992 – Vila Glória.

Leia Também

Prefeito em MS ameaça dar tiro em bolsonaristas
Polícia
Prefeito em MS ameaça dar tiro em bolsonaristas
Chuva pode dar as caras já neste sábado e no domingo em Campo Grande
Cidade Morena
Chuva pode dar as caras já neste sábado e no domingo em Campo Grande
Brasil tem 739 mortes pela covid-19 em 24 horas, diz Ministério da Saúde
Geral
Brasil tem 739 mortes pela covid-19 em 24 horas, diz Ministério da Saúde
Saudade é tanta, que um ano após perder o filho, Thayelle ainda escuta Miguel chamar
Entrevistas
Saudade é tanta, que um ano após perder o filho, Thayelle ainda escuta Miguel chamar