Menu
terça, 20 de outubro de 2020
Polícia

Acusado de assassinato no Estrela do Sul pega 15 anos de prisão

Homicídio

27 novembro 2013 - 18h10Por Kerolyn Araújo

O juiz titular da 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, Aluízio Pereira dos Santos, condenou  na tarde de hoje (27) o réu Douglas Silva Fonseca à pena de 15 anos de reclusão, acusado de matar a tiros Lennon Medeiros Campos, no dia 16 de julho de 2011, no Conjunto Residencial Estrela do Sul.

O crime foi caracterizado como vingança, pois Douglas tinha uma desavença antiga coma  vítima. O réu também dificultou a defesa de Lennon, pois se aproximou dele e atirou de forma repentina, pegando o rapaz desprevenido.

O caso

O crime aconteceu por volta das 23h, em frente a um bar na Rua Catanduva. Lennon foi atingido por cinco tiros, uma bala atingiu o pescoço. Ele ainda chegou a ser socorrido, mas não resistiu e faleceu no Posto de Saúde do Coronel Antonino.

Leia Também

Mato Grosso do Sul registra mais 15 mortes por covid; maioria em Campo Grande
CORONAVÍRUS
Mato Grosso do Sul registra mais 15 mortes por covid; maioria em Campo Grande
Justiça decreta prisão preventiva de advogado que matou PM no trânsito
Polícia
Justiça decreta prisão preventiva de advogado que matou PM no trânsito
PM encontra adolescente pulando em telhados após assalto com faca
Polícia
PM encontra adolescente pulando em telhados após assalto com faca
Além de bêbado, advogado que matou PM no trânsito dirigia carro 'Bob'
Cidade Morena
Além de bêbado, advogado que matou PM no trânsito dirigia carro 'Bob'