Menu
Busca quarta, 23 de outubro de 2019
Top Ms
Polícia

Adolescente portador de HIV é apreendido por estuprar o primo de 11 anos

A vítima relatou à madrasta que sentia dores físicas e estava com feridas pelo corpo, ocasião em que foi foi constatado que se tratava do vírus da AIDS

12 outubro 2019 - 16h06Por Da redação/Revista News

Os policiais civis da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, coordenados pelo delegado Pablo Queiroz Rocha, cumpriram um mandado de busca, apreensão e internação na FASE (Fundação de Atendimento Sócio Educativo) em desfavor de um adolescente, nas imediações do bairro Estância Velha, em Canoas, Rio Grande do Sul.

O jovem que é o portador do HIV é suspeito de ter estuprado o primo de apenas 11 anos de idade, ocasião em que também transmitiu o vírus da AIDS para a criança. A vítima relatou à madrasta que sentia dores físicas e estava com feridas pelo corpo. O garoto foi encaminhado ao hospital e foi constatado se tratar da doença sexualmente transmissível.

O adolescente infrator estava morando na cidade de São Leopoldo com outro rapaz e já tinha conhecimento do mandado, razão pela qual estava se escondendo na casa de familiares em Canoas, alternando paradeiro para conseguir frustrar a ação da polícia que visava sua captura e apreensão.

Segundo o delegado Pablo Rocha, trata-se de fato impactante, com graves consequências físicas e não apenas psíquicos à vítima. A relação de proximidade, que deveria ensejar proteção recíproca e afeto, serviu de amparo para nefastas e ilícitas práticas pelo jovem. 

O diretor da 2ª Delegacia de Polícia Metropolitana, Mario Souza esclarece que: “o esforço da polícia civil foi para que a impunidade ao grave ato não ocorresse.” Após os trâmites legais, o adolescente infrator será encaminhado à FASE. As informações são da Polícia Civil do Rio Grande do Sul.