Menu
sexta, 30 de julho de 2021
Polícia

Advogado afirma que jovem preso não é criminoso e que cometeu o delito apenas no dia da prisão

Suspeito foi preso em flagrante enquanto traficava drogas no Bairro Nova Lima, região norte de Campo Grande

21 fevereiro 2019 - 17h42Por Nathalia Pelzl

Yahn Sortica, advogado de defesa, de James Malone Gomes da Silva, 20 anos, preso em flagrante enquanto traficava drogas no Bairro Nova Lima, região norte de Campo Grande, informou que ao contrário do que foi informado pela polícia, seu cliente é réu primário e não tem qualquer mandado de prisão em aberto.

O advogado alega que o indiciado não é um criminoso contumaz, pois havia cometido à prática delituosa naquele dia. Por fim, finaliza que buscará a liberdade provisória do acusado por seus bons antecedentes.

O caso

James Malone Gomes da Silva, 20 anos, foi preso em flagrante enquanto traficava drogas no Bairro Nova Lima, região norte de Campo Grande.

De acordo com o boletim de ocorrência, o Batalhão de Choque estava realizando rondas pela região quando a guarnição avistou James e decidiu abordá-lo.

Os policiais realizaram uma investigação e descobriram que James já era foragido da polícia e, com ele, foram encontrados cinco paradinhas de maconha.

Quando interrogado sobre a droga, o suspeito teria confessado estar vendendo o entorpecente. Na casa de James, os policiais encontraram mais 12 papelotes, R$ 120 e um simulacro de arma de fogo.

Ele foi preso em flagrante por tráfico de drogas e encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.