SEBRAE MAIO 2023 2

quarta, 29 de maio de 2024

Busca

quarta, 29 de maio de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Polícia

há 6 anos

Agente penitenciário que matou jovem continua preso, mas deverá ficar em cela isolada

Pedreiro foi assassinado durante a saída do show da dupla Henrique e Juliano

O desembargador Dorival Moreira dos Santos negou, nesta segunda-feira (25), o pedido de habeas corpus do agente penitenciário Joseilton de Souza Cardoso, 37 anos, preso após matar um jovem durante o show da dupla Henrique e Juliano.

“A custódia cautelar se justifica para a garantia da ordem pública, considerando-se a gravidade em concreto do delito de homicídio supostamente cometido pelo paciente, o qual é agente penitenciário federal e efetuou disparo de arma de fogo contra a vítima”, destaca.

Para o desembargador não houve constrangimento ilegal. Mas, apesar da negativa, Dorival determinou que Joeilton fique isolado em uma cela para que não seja agredido por outros presos por conta da sua profissão.

“No que se refere à alegação de que há risco à integridade física do paciente caso permaneça em contato com outros detentos no presídio para o qual será transferido, considerando-se que se trata de agente penitenciário federal, recomendável que permaneça em cela isolada dos demais presos”, determina.

O caso

Adilson Ferreira dos Santos, 22 anos, foi morto com um tiro no tórax pelo agente penitenciário federal no sábado (23). A vítima, que trabalhava como pedreiro, foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros, que tentou a reanimação. Mesmo assim, ele morreu próximo à escada de acesso ao camarote do show.

Os dois estavam em um show da dupla Henrique e Juliano, que ocorria no estacionamento do Shopping Bosque dos Ipês, na saída para Cuiabá.

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
JARDIM VERANEIO MAIO E JUNHO DE 2024