Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
GOV FEMINICIDIO
Polícia

Agentes da Polícia Civil realizam perseguição cinematográfica na Capital

Caso aconteceu na noite deste domingo no Bairro Tiradentes, em Campo Grande

12 setembro 2016 - 09h12Por Rodson Willyams

Equipes do Sig (Setor de Investigação Geral) do Departamento de Polícia da Capital, realizavam na noite deste domingo (11), investigação para combater o tráfico de drogas quando iniciou uma perseguição no  bairro Tiradentes, em Campo Grande. 

Segundo consta no Boletim de Ocorrência, os agentes monitoravam uma residência, localizada na Rua da Flauta esquina com a Rua da Orquestra, no bairro Tiradentes, quando um indivíduo que estava próximo de um veículo Gol, de placas HTQ-8605, de cor preta, parado no local saiu em fuga.

Os agentes que  utilizavam coletes balísticos desceram da viatura, dando a ordem de parada. No entanto, o homem fez manobra em alta velocidade e saiu com o veículo. 

Uma segunda viatura da polícia, um Duster, tentou parar o veículo Gol, mas acabou sendo avariada na fuga. Dentro do Gol havia mais de um ocupante, e os policiais avistaram quando um objeto foi jogado de dentro do carro. Os policiais constataram que o objeto jogado fora era cocaína. 

A perseguição 

De acordo com o Boletim de Ocorrência, os autores empreenderam fuga seguindo em alta velocidade pelas ruas da região. Inclusive, os ocupantes passaram por vários semáforos com sinal vermelho. Os agentes chegaram até a acompanhar o veículo, mas devido a alta velocidade não foi possível dar continuidade. 

Conforme o registro policial, os agentes afirmaram que aos autores foram aconselhados por seus familiares a comparecer espontaneamente a Delegacia de Polícia. Mais tarde, os mesmos foram até ao local e lá não foi constatado qualquer tipo de lesão corporal, sendo apenas danos materiais em ambos os veículos. 

Porém, no registro, não informa o motivo da fuga dos ocupantes e nem se permaneceram detidos. O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento ao Cidadão (Depac-Centro). 

Leia Também

PÁGINA VIRADA: sem constrangimento, Willian Waack comenta protesto de negros nos EUA
Geral
PÁGINA VIRADA: sem constrangimento, Willian Waack comenta protesto de negros nos EUA
PF diz ao STF que vai ouvir Bolsonaro por causa das acusações de Moro
Geral
PF diz ao STF que vai ouvir Bolsonaro por causa das acusações de Moro
Moro sugere que Bolsonaro usou lei anticrime para proteger o filho Flávio
Cidades
Moro sugere que Bolsonaro usou lei anticrime para proteger o filho Flávio
Maia diz que Bolsonaro não 'comprou' Centrão: 'relação democrática'
Geral
Maia diz que Bolsonaro não 'comprou' Centrão: 'relação democrática'