TCE Julho  17 a 19/07 e 22 a 25/07
(67) 99826-0686
PMCG - REFIS 01 a 30/07/2019

Rodrigo foi ignorado por motoristas que viram acidente e agora deixa saudade em quem ficou

Ele bateu a moto que pilotava em um veículo estacionado; com o impacto, o capacete da vítima acabou voando

7 FEV 2019
Anna Gomes
10h41min
Foto: Reprodução Facebook

Amigos de Rodrigo Celso Olmedo da Silva, 36 anos, usaram as redes sociais para lamentarem a morte do rapaz que bateu em um veículo estacionado. Motoristas que passaram pelo local não prestaram socorro à vítima, que morreu nesta quarta-feira (6), na Santa Casa de Campo Grande.

“Sem palavras para descrever esse momento difícil,  meu amigo. Luto e obrigado por tudo, meu Irmão! Descanse Em Paz”, disse um colega de Rodrigo.

 “Meu amigo, não consigo acreditar que você se foi. Vai fazer muita falta pra nós! Nossas conversas, nossa  besteiras que a gente falava e nosso tereré de final de tarde. Não tenho palavras pra dizer neste momento de dor e tristeza, mas sei que você vai estar em um bom lugar ao lado de Deus. Obrigado por ser seu amigo! Vai em paz e alega o céu”, disse outro colega.

O acidente que vitimou Rodrigo aconteceu na última terça-feira (5), na Rua Palmeiras, no Bairro Parque Novos Estados, em Campo Grande. Ele estava pilotando uma Honda Biz de cor preta e acabou batendo em outro veículo, que estava estacionado na via.

Com a colisão, o capacete voou e ele foi encaminhado para a Santa Casa em estado grave. Imagens do circuito de segurança de um estabelecimento flagraram motoristas passando pelo local no momento da colisão, mas não acionaram o Corpo de Bombeiros.

Rodrigo não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo na Santa Casa. Agora, a polícia investiga os motoristas que passaram pelo local, viram a vítima ferida, mas não se comoveram. Elas podem responder pelo crime de omissão de socorro.

No registro policial não consta quem acabou ajudando o rapaz. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Veja também