Menu
quinta, 03 de dezembro de 2020
Polícia

Aprovada lei que proíbe permanência de presos em delegacias

Justiça

30 outubro 2013 - 16h00Por Aline Oliveira

Foi aprovado nesta quarta-feira (30), o Projeto de lei 1.594/2011 que proíbe a custódia de presos em delegacias e dependências das Polícias Federal e Civil. De acordo com o texto, é permitida a permanência do preso na delegacia no máximo até 72 horas e apenas nos casos de prisão em flagrante para que a lavratura do auto de prisão seja feita.

 

A proposta foi aprovada de forma conclusiva pela CCJ ( Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania)  e agora será enviado ao Senado para última votação. A autora do projeto é a deputada Rose de Freitas (PMDB/ES) e o relator, deputado Luiz Pitiman (PSDB/DF) que foi favorável à proposta e fez algumas mudanças.

                                                                                                                                                    

O projeto não diz o que acontece nos casos em que os presídios não têm vagas para os detentos. Questionado, Pitiman disse que não é obrigação do Congresso definir essa solução. “Acontece o que a legislação, a princípio, diria: que tem que se construir novas penitenciárias. É obrigação do Estado, não é obrigação do legislador. É uma atribuição do Estado que não está sendo cumprida, que é dar dignidade ao presidiário”, afirmou o deputado.

 

Fonte: Valor Econômico

Leia Também

Adolescente de 14 anos é apreendido com pedras crack escondidas em roupas de bebê
Polícia
Adolescente de 14 anos é apreendido com pedras crack escondidas em roupas de bebê
'Chovem' fichas de alunos sumidos no Conselho Tutelar e pais pedem até reprovação dos filhos
Cidade Morena
'Chovem' fichas de alunos sumidos no Conselho Tutelar e pais pedem até reprovação dos filhos
Parque dos Poderes vai ganhar primeira revitalização após mais de três décadas
Cidade Morena
Parque dos Poderes vai ganhar primeira revitalização após mais de três décadas
Mato Grosso do Sul registra média de mil casos por dia
CORONAVÍRUS
Mato Grosso do Sul registra média de mil casos por dia