Menu
domingo, 22 de maio de 2022 Campo Grande/MS
GOV EMPREGO MAIO
Polícia

Assassinos de cuidador de carros são presos quase um ano após crime no Guanandi

A vítima teria sido roubada dentro de sua residência e agredida até a morte pelos criminosos

12 janeiro 2022 - 17h22Por Vinicius Costa

Dois homens, de 31 anos e 29 anos, foram presos nesta quarta-feira (12) acusados de terem sido responsáveis pela morte do cuidador de carros, Eduil dos Santos Pereira, 50 anos, em um crime que aconteceu no dia 5 de março do ano passado.

As prisões aconteceram após diligências da DERF (Delegacia Especializada na Repressão dos crimes de Roubos e Furtos).

A situação encontrada pela polícia no dia do crime levava a crer que a vítima teria sido roubada dentro de sua residência e agredida até a morte pelos criminosos. O caso aconteceu no bairro Guanandi, em Campo Grande.

Naquela oportunidade, a dupla teria levado uma bicicleta, um aparelho celular e uma pequena quantia em dinheiro.

Com a investigação ainda no início, policiais da DERF trabalharam na investigação a fim de encontrar o paradeiro dos suspeitos e ter suas identificações. Mas após um período, a equipe conseguiu identificar e revelar a participação da dupla no crime.

O primeiro a ser encontrado pela DERF foi o homem de 31 anos, que interrogado, confessou participação no crime e confirmou ter agido na companhia do homem de 29 anos.

Entretanto, os policiais suspeitaram que o segundo autor estaria fora da cidade e após mais trabalhos, encontraram o homem no assentamento Itamaraty, em Ponta Porã.

Os dois suspeitos continuam presos e irão responder por roubo qualificado pelo resultado morte, cuja pena pode chegar a trinta anos de reclusão.